RSS

Tristeza e comoção: Estudante Uerniana morre de forma trágica. Pai diz que a filha sonhava em ser professora.

16 Set

Clima de forte comoção no Campus Central (Foto: Wilson Moreno)Brena Sonária era aluna de Pedagogia (reprodução do arquivo pessoal/facebook)

Acidente fatal ocorreu na manhã de hoje no Campus Central (Foto: Wilson Moreno)Acidente fatal ocorreu na manhã de hoje no Campus Central (Foto: Wilson Moreno)

O segundo dia de aulas do semestre 2014.2 da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) começou com uma tragédia. Uma estudante de Apodi, Brenna Sonária Noronha de Alencar, de apenas 18 anos, foi atropelada acidentalmente e não resistiu ao impacto da batida.

A estudante, que cursava o 2º período de Pedagogia, foi atropelada pelo motorista do ônibus escolar que fazia o transporte diário dos alunos de Apodi.

Brenna foi atropelada no momento em que o motorista manobrava o veículo em marcha à ré, em frente ao Campus Central da UERN. O motorista entrou em estado de choque e desmaiou quando se deu conta da fatalidade.

O clima é de forte comoção entre os alunos e servidores da Universidade. Devido à tragédia, as aulas do Campus Central foram suspensas nesta terça-feira (16). A Universidade publicou Nota de Pesar.

O pedreiro Erasmo Luiz de Alencar, de 51 anos, disse que a filha Brenna Sonária, de 18 anos, sonhava em ser professora. Estava cursando o segundo período do Curso de Pedagogia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.
Erasmo Luiz contou que todo dia ela levantava de 4h da manhã, fazia o café e ele ia deixar ela na cidade, para entrar no ônibus e seguir para a UERN, em Mossoró, onde estava cursando o segundo período de Pedagogia.
“Ela era a primeira a se formar aqui em casa. A gente não teve estudo, mas nossos filhos estavam caminhando para ter diploma e ser professor. Ela tinha este sonho”, diz Erasmo Luiz ao De Fato.com ao meio dia desta terça-feira.
“Temos outras duas filhas, mas estas já se casaram e desistiram do curso superior. Ela queria”, diz Erasmo Luiz, lembrando que a viagem dela para Mossoró era motivo de preocupação de todos os familiares e amigos.
O corpo foi removido para exames na sede do Instituto Técnico-científico de Policia (ITEP), em Mossoró. O sepultamento está previsto para acontecer na manhã desta quarta-feira, 17.
O caso será apurado em inquérito policial conduzido pelo delegado Anderson Tebaldi, da I Delegacia de Policia de Mossoró.
Visita
O reitor Pedro Fernandes e vice-reitor Aldo Godin visitaram os pais de Brenna Sanária ao meio dia desta teça-feira, em Apodi. O cenário era de desolação. O reitor disse que a universidade vai destinar profissionais para acompanhar as famílias. Ainda em Apodi, o reitor disse que no caso do Campus da UERN ser concluído em Apodi, levará o nome de Brenna Sonária.
As informações são do gazeta do este e do blog cassinhmorais.blogspot.com.
Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 16/09/2014 em Sociedade

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: